Review: BIT.TRIP BEAT

Tudo começou com um marketing viral da Gaijin Games no final de 2008, quando o surgimento de um tal de Commander Video teve seu estranho sinal de existência visível para muitos de forma confusa — aliás, não deixe de ler esse texto aqui (em inglês) caso tenha interesse em saber mais sobre. Então, o Commander Video foi apenas uma pequena parede para a grande trunfo da desenvolvedora Gaijin Games, que no primeiro trimestre do ano seguinte revelou a série de games atualmente em sua reta final BIT.TRIP.

A série BIT.TRIP, antes inteiramente exclusiva ao WiiWare do Nintendo Wii, chegou no PC/Mac, não como uma série “confirmada” por enquanto, mas o primeiro episódio, o BIT.TRIP BEAT (já à venda no Steam), é um grande passo para os próximos episódios da série chegarem também para PC/Mac.

O BIT.TRIP BEAT é um retro action estimulado pela música e seus efeitos sonoros em questão, ou seja, a “música” neste game é o aspecto mais importante, assim como toda sua direção e execução de efeitos.  O game pode ser considerado à primeira vista um pong qualquer, mas como não estamos falando de um novo pong colorido e bonitinho para a geração atual, diga-se de passagem, BIT.TRIP BEAT explora a genialidade do conceito “rebatedor de bolinhas” dos clássicos games pong criando por sua vez um dos mais épicos games que carregam estas características de inspiração. Em BIT.TRIP BEAT você rebate as famosas bolinhas em forma de quadradinhos (disponíveis de todas as formas e tamanhos) para ganhar pontuação. Mas tenha calma, estes quadradinhos são únicos e quando rebatidos serão tão marcantes devido seus efeitos sonoros sincronizados uns com os outros que você entrará dentro de uma vibe inesquecível.

Conforme os quadradinhos estão se direcionando para algum lugar da sua área de rebate, o seu rebatedor estará acessível para você guiá-lo tanto para cima quanto para baixo, estime à aproximidade do quadradinho ao rebatedor para rebatê-lo e pronto. Até aqui sem problemas, certo? Acontece que, BIT.TRIP BEAT é mais difícil do que parece, os quadradinhos são cruéis e trabalham em ritmo variado nas possibilidades mais insanas, porém e felizmente é tudo questão de memorização (ou talvez não), já que o game possui três modos de jogo e estes têm um padrão de percurso para os quadradinhos elaboradamente definido para cada um dos modos disponíveis, independente dos acontecimentos.

Como o ritimo de movimentação e direção dos quadradinhos no game são facilmente memoráveis, fica mais fácil saber como agir, claro que isso deverá ocorrer depois de muito suor derramado no mouse (ou qualquer outro meio de controle) para que você comece a dominar a expectativa de quadradinhos em sua direção.

Um dos maiores pesadelos dentre a dificuldade do game em si, é a desclassificação para o cenário mais chato e difícil do game, aquele que infelizmente é considerado a sua segunda chance para o sucesso. O cenário pós morte, ou Nether Mode — como é chamado no game, é praticamente a continuação de onde suas alternativas de segunda chance se esgotaram por inteiras e você deve seguir adiante em um cenário preto e branco ainda mais difícil devido as drásticas mudanças ocorridas com o rebatedor e a atmosfera.

BIT.TRIP BEAT ainda pode parecer bem limitado para alguns, especialmente por tratar-se de um game de curta duração, que mesmo com sua vida útil voltada aos apreciáveis “high scores” e os bônus de estar disponível no Steam que de uma certa forma acabam estendendo a vida do game um pouco mais com os achievements, não deixa de dispor apenas de três únicos modos jogáveis sem grandes novas expectativas depois de terminados.

É realmente interessante jogar um game que até então nunca tinha pisado em terrenos onde o mouse domina, BIT.TRIP BEAT no PC/Mac é de tamanha qualidade que é difícil não apreciá-lo, o preço é muito justo, mas lembre-se, este é um game que ainda requer um pouco de pesquisa em relação, já que, é de cada um interpretarem este dependendo do gosto por games altamente influenciado por clássicos perdidos no tempo para muitos significativamente ou não.

COMPRE BIT.TRIP BEAT NO STEAM POR (EM USD)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s