The Blocked Tunnel (Wrinkled Art)

O melhor identificado como um “website de artes” Wrinkled Art, que pretende apresentar projetos neste contexto comandado unicamente por Bertil Vorre-Grøntved, liberou The Blocked Tunnel, um meio que experimental game point-and-click/aventura em flash via browser trabalhado em um conceito artístico talvez um tanto quanto familiar entre alguns dos mais conhecidos games da Amanita Design, por exemplo.

Este game é sobre um menino pepino que momentos depois de sair da sua casa para apreciar a vizinhança depara-se com o problema de um de seus vizinhos em relação ao inexplicável bloqueio de um túnel até um desconhecido parque secreto, e que resolve simplesmente ajudá-lo, daí você, como player do menino pepino, é o encarregado nessa empreitada.

Acrescentando que são 4 níveis excêntricos desenhados à mão, puzzles aqui e ali pelos cenários e uma boa musiquinha de fundo para tornar sua passagem por The Blocked Tunnel apreciável. 😛

CLIQUE AQUI PARA JOGAR O GAME

Belíssimo point-and-click “The Tiny Bang Story” é finalmente lançado!

Algum tempo atrás eu escrevi um breve post (leia aqui) sobre The Tiny Bang Story, um point-and-click que ainda estava em desenvolvimento pela Colibri Games, e que apresentava um conceito artístico e do seu próprio gênero em questão encantador, enfim, esse The Tiny Bang Story foi recentemente liberado oficialmente para compras em versões para PC e Mac em lojas digitais conhecidas pela maioria como Steam e GamersGate.

O game conta a história de um pequeno planeta fictício chamado Tiny Planet, que após ser atingido por um asteróide é despedaçado, e que você, no papel do grande cara legal da história, é destinado a difícil tarefa de estabilizar esse pequeno mundo e recuperar sua beleza natural através de uma viagem em cinco capítulos únicos com numerosos puzzles para serem solucionados, máquinas para serem corrigidas no adorável esquema point & click e outros pequenos detalhes indispensáveis que somados fazem novamente deste estranho planeta um lugar estável e exuberante aos seus poucos habitantes.

The Tiny Bang Story além de ser um point-and-click propriamente dito, tem um grande diferencial em relação aos demais games do gênero por aí,  seus puzzles são quase sempre concentrados na coleta  de objetos escondidos em quantidades elevadas, muito similar em hidden object games, todavia de uma maneira menos própria de games do tipo para algo mais proveitoso.

Já disponível no Steam AQUI por $14.99 e no GamersGate AQUI por $19.95 (com versões para PC e Mac inclusas e alguns extras). Para versão demo e outras opções de download, confira AQUI.

[MAIS INFORMAÇÕES]

Osada (Amanita Design)

Depois de conceder uma entrevista ao PC Gamer exclusiva com informações tentadores sobre seus novos projetos (leia AQUI em inglês), a Amanita Design liberou o seu primeiro projeto para esse começo de ano, o flash game via browser (ou desktop) Osada.

Osada não é exatamente um game convencional, talvés esteja mais para um tipo de experiência nova meio psicodélica com suas características próprias do surrealismo, já que retrata uma forte pegada de vídeo musical com música country de fundo.

Em suma, você clicar aqui e ali como seria em um point-and-click qualquer e vai movimentando os cenários seguidamente da ideia descompromissada do game até chegar num acordo de entretenimento entre você mesmo.

[LINK PARA O GAME / DOWNLOAD AQUI]

Gemini Rue é lançado!

O adventure game point-and-click Gemini Rue sobre os dois personagens distintos: Azriel Odin e Delta-Six, que inclusive você pode conferir uma breve preview AQUI com informações mais detalhadas, como era previsto, foi lançado ontem, dia 24 de janeiro atravez de meios digitais e físicos.

Uma demo provocada pelo o lançamento do game foi liberada e disponibilizada para download no GameFront AQUI, mas vale lembrar que está versão demo possibilita apenas que o personagem Azriel seja utilizado no gameplay, porém alguns passos importantes relacionados ao Delta-Six estão presentes, mesmo aos mínimos detalhes e possibilidades.

Compre AQUI a versão digital do game por $14.99 (em USD) ou a versão fisíca AQUI por $24.99 (em USD) com direito a frete grátis para a sua casa, independente de onde more neste mundo.

Adam and Eve (GamyStar)

O tal primeiro casal Adão e Eva criado por Deus é a mais nova e encantadora ideia por traz do novo game da GamyStar. O game, que originalmente é intitulado de Adam and Eve (você sabe porque…) é outro point-and-click da GamyStar via browser despretensioso que carrega com si o mesmo brilho dos games anteriores: Easy Joe e Fallen From The Moon.

No conhecido padrão casual em meio aquele apreço pela “jogatina rápida”, Adam and Eve oferece ao jogador a divertida missão de ajudar Adão a encontrar sua amada no paraíso, mas como o caminho pela à frente é longo e cercado de inimigos e obstáculos qualquer, é por sua conta clicar com sabedoria para aproximar-se cada vez mais da sua amada Eva.

[LINK PARA O GAMEKongregate]

Gemini Rue: adventure game à moda antiga que pode conquistá-lo

Quem foi amante inseparável dos antigos adventures games no bom e velho estilo point-and-click sabe que games como os clássicos daquela época foram deixados de lados literalmente. Mesmo para mim, que não sou o cara mais indicado para mencionar sobre os clássicos adventures games, sei da importância deste gênero, que ao passar dos anos, infelizmente ficou apenas nas boas lembranças de alguns gamers de longa data, que por incrível que pareça, ainda acreditam que estas lembranças possam ser resgatadas de um futuro nostálgico e serem completamente reescritas por novas.

No IGF de 2010, mais especificamente na categoria Student Showcase, um dos ganhadores desta categoria foi o game Boryokudan Rue, um adventure game de point-and-click, que inclusive devido as atuais circunstâncias, agora é denominado por Gemini Rue, chamou a atenção de muitos e recebeu elogios invejáveis de uma porção de jornalistas que acercam o cenário indie em geral. E recentemente, e mais uma vez, é o centro das atenções por enfim sua data de lançamento oficial e preço terem sido divulgados assim como várias outras informações empolgantes sobre.

A história de Gemini Rue gira em torno de dois personagens diferentes: Azriel Odin, um ex-assassino que acabou entregando-se aos padrões da lei e da ordem para tentar encontrar alguém no chuvoso planeta Barracus e derrubar o sindicado de crimes Boryokudan e o Delta-Six um prisioneiro qualquer que acorda em um hospital completamente sem memória. O destino está encarregado de unir os dois personagens daqui pra frente e você pode saber como toda essa excitante história vai desenrolar comprando game, que  já até encontra-se em pré-venda. 😛

Gemini Rue demonstra-se um game no melhor estilo retro com gráficos desenhados a mão muito bem trabalhados, excelente dublagem, história envolvente, boa variação entre cenas de ação e o nosso querido desejo de apontar e clicar no que deseja que tenha uma ação no game. Então, ao que parece em breve poderemos desfrutar de um inesquecível adventure game de point-and-click para alimentar o grande amor por estes gênero, que mesmo esquecido, ainda existe e pode nos proporcionar boas horas de jogatina.

Disponível em pré-venda em duas versões com previsão de lançamento para o dia 24 de fevereiro: a digital (compre AQUI) por $14.99 (em USD) e a versão limitada em CD (compre AQUI) por $24.99 (em USD) com frete grátis para o mundo todo (YEAH!).

[geminirue.com]

[wadjeteyegames.com/geminirue.htm]

Fallen From The Moon (GamyStar)

Uma rápida historinha de fundo, alguns cliques despretensiosos aqui e ali nos cenários… acho que agora já posso dizer que a boa diversão de poucos minutos do flash game Fallen From The Moon está merecidamente finalizada!

Fallen From The Moon é mais um daqueles point-and-click via browser com seus adoráveis puzzles,  todavia a historia da vez é sobre um menino que caiu numa floresta e se ver na obrigação de solucionar problemas para que no final ele possa ser ajudá-do, e isso tudo porque como ele vivia na lua durante o  seu período em forma de banana (ou seria crescente?) e depois foi pego por uma piada “cheia” da própria lua.

Como o game fala por si só, você vai entendê-lo melhor do que eu. :mrgreen:

LINK PARA O GAME

Anbot (Pencilkids Games)

São muito apreciáveis os pequenos point-and-click via navegador que deparamos em algum momento como uma forma de distração sem grandes expectativas.  A Pencilkids Games, desenvolvedora de uma razoável quantidade de games point-and-click, trouxe mais uma de suas criações ao publico online.

Anbot, point-and-click de aventura sobre um robô a mercê do trabalho indesejado que depois de ter uma repentina recuperação de memória mostrando bons momentos que ele nunca sentiu-se tão necessitado de obter, recusá-se a continuar trabalhando e começa uma fuga pela sua sobrevivência. Mediante as dificuldades, posso dizer que não existe uma específica no game, os puzzles estão ali e tudo mais, todavia não cumprem seu papel do jeito mais complexo de ser — nada que tire a diversão de ajudar aquele ingênuo robô, mas os puzzles deixam muita a desejar principalmente quando o fator é a duração, estimada em poucos minutos.

Apesar de alguns fatores devessem ter sido melhor elaborados, Anbot é um game muito divertido, dispõe de uma historinha de fundo elegante e pode sim agradar a muitos por alguns transparentes minutos.

[LINK PARA O GAME AQUI]

The Tiny Bang Story e a promessa visível de um maravilhoso point-and-click à caminho

Se você me perguntasse nesse exato momento sobre algum game point-and-click indie certamente eu argumentaria com Machinarium, o point-and-click indie mais incrível que eu já joguei até então e… é esse o primeiro game que passaria pela a minha cabeça seguidamente com os horríveis sons de fogos de artifício.

Recentemente chegou ao meu conhecimento — mais especificamente falando quando eu conferia a lista de inscritos para o IGF 2011, o game em desenvolvimento The Tiny Bang Story da Colibri Games, point-and-click de puzzles que ao julgá-lo à primeira vista pelo notável capricho visual será uma experiência incrível com poder representativo comovente e único.

Pelo o pouco “sobre” liberado, The Tiny Bang Story vai contar a história de um provável personagem chamado Tiny Bang — esse aliás ainda mantido em segredo, todavia pode vir a ser mencionado com detalhes em alguma data não definida pelos os desenvolvedores. Ao que parece o game vai ser dividido em cinco capítulos, cada capítulo deverá liberar um pouco mais sobre a história do game assim como também novos locais de exploração e novas possibilidades para os jogadores. Previsto em algum momento do primeiro trimestre de 2011, versões do game para PC, Mac e iPad são praticamente certas.

Poucos materiais de mídia foram liberados, mas muitas screenhots (confira aqui) e um recém liberado vídeo making of (confira abaixo) estão acessíveis especialmente para criar novas expectativas.

Mais informações, visite: colibrigames.com

[Indie Games Blog]

Um pouco sobre Alchemia

Lembro que em algum tempo lá atrás, e quando digo lá atrás refiro ao ano passado, por algum motivo descobri a soundtrack composta por Julian Winter para o game Alchemia, um point-and-click da Springtail Studio. Naquela tempo, meio que por meu envolvimento apenas pessoal com os indie games, não cheguei a mencionar sobre o assunto de alguma maneira. Lendo um post no site Rock Paper Shotgun, lembrei que existia um game que envolvia essa soundtrack, e ele é o já mencionado Alchemia.

Alchemia é um point-and-click muito lindo em todos os aspectos envolvidos, talvez alguns possam até mesmo compará-lo aos games da Amanita Design, isso por sua aparência visual orgânica e artística, porém e felizmente tudo não passa de comparações, não execuções de obras específicas. Em Alchemia, por exemplo, tudo é mais vivo (não leve o “vivo” como comparação a games derivados), não sei exatamente porque Alchemia passou-me essas impressões, mais tudo nele parece mais cativante do que deveria, fiquei realmente impressionado em finalmente lembrar da existência de um game que acabou passando despercebido para mim quando não deveria.

O game conta a história de um estranho e solitário homem que, em seu momento de raiva, consegue atingir Lootpecker, uma máquina que voava sob o local onde o tal homem estava, Lootpecker, após atingido pelo o objeto, caiu em uma floresta próxima a casa do estranho homem. Após notado o feito, o estranho homem corre em direção ao local em que Lootpecker caiu. Espantado com o acontecimento, para atordoar ainda mais o estranho homem, ele ver a alma da estranha máquina e ela fala com ele, e aí… calma! Você poderá saber mais sobre a história quando jogar Alchemia. :mrgreen:

Muito simples, Alchemia segue o estilo clássico point-and-click de ser. Clique nisso e aquilo, se a ação favorecer, o game vai compreender, e é assim que as coisas devem funcionar. Há diversos puzzles para serem realizados, variando conforme deixados para traz, estes são muito inteligentes e realistas ao game.

Disponível gratuitamente e comercialmente, a versão gratuita é acessível via navegador aqui e a comercial pode ser adquirida aqui por . A versão comercial é uma versão estendida do game, dispõe de novos níveis e locais ainda mais elaborados que os atuais na versão online.